A Equipe de Reflexão de Comunicação da CNBB é constituída por profissionais e pesquisadores da área, para refletir e apontar novos caminhos para a comunicação da igreja do Brasil. Contribui, também, na produção de textos de comunicação para uma educação para a comunicação, Documentos e Estudos da CNBB sobre comunicação.

Ficou registrada na história a “Carta aos Comunicadores” promulgada por ocasião ao Dia Mundial das Comunicações produzida pela Equipe de Reflexão.

Atualmente, a Equipe é responsável pela produção do Diretório de Comunicação, que vem pautar as estratégias de comunicação para a Igreja, além de outras contribuições, como a reflexão e o estudo em comemoração ao Dia Mundial das Comunicações, a educação para a comunicação enquanto processos e meios de comunicação na Igreja do Brasil.

E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações… Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio).

É este o espírito que pauta a Igreja para que a comunicação dê um novo impulso ao anúncio do Reino de Deus, a exemplo de Cristo, o Mestre Perfeito da comunicação do Pai que comunicou a todos, a partir da sua cultura a Boa Nova do Reino.

Um pouco de História

A comunicação social foi constituída em novembro de 1978, pelo então Secretário Geral da CNBB, Dom Luciano Mendes de Almeida que, solicitou à Pia Sociedade Filhas de São Paulo, (Irmãs Paulinas) uma irmã para prestar assessoria, em tempo integral, na área da Comunicação Social da CNBB.

Foi liberada a Irmã Maria da Glória Bordeghini e nomeado pela CNBB, como Presidente da Comunicação Social, o Bispo de Piracicaba, SP, Dom Eduardo Koaik.

Irmã Maria da Glória Bordeghini, em dezembro de 1978, disse a Dom Koaik que era urgente, convocar um grupo de profissionais, pesquisadores da comunicação para que pudessem colaborar na reflexão, na pesquisa e no estudo da comunicação na Igreja.

No mesmo ano a Equipe de Reflexão de Comunicação da CNBB foi constituída, por profissionais e pesquisadores da comunicação das áreas de: imprensa, cinema e TV.

As reuniões aconteciam duas vezes por ano, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. Foram produzidos importantes Documentos e Estudos da CNBB sobre comunicação pela Equipe de Reflexão.

A CNBB expressa seu reconhecimento a todos àqueles, que de uma forma ou de outra prestaram sua contribuição na comunicação e convoca a todos para uma educação para a comunicação em relação aos meios e processos para que o anúncio da Boa Nova chegue a todos com a comunicação.