Sacerdote: Contemplando a gloriosa transfiguração de Nosso Senhor, elevemos, diletos irmãos e irmãs, confiantes a Deus, nosso Pai, as nossas preces filiais:

Fazei-nos, Senhor, amigos da cruz.

  1. “Este é o meu Filho amado (…). Escutai-o!” (Mt 17, 7). Para que todos os povos reconheçam na Igreja Católica a voz de Cristo, e, ouvindo a sua voz, nela sejam congregados numa só fé. Roguemos ao Senhor.
  1. “Sofre comigo pelo Evangelho” (2Tm 1, 8). Para que estejamos dispostos a dar a vida por Cristo na pequenas e grandes ocasiões de cada dia, e para que o Senhor se digne fortalecer os seus fiéis que sofrem perseguições. Roguemos ao Senhor.
  1. “Farei de ti um grande povo e te abençoarei” (Gn 12, 2). Pelos judeus, descendentes de Abraão, para que sejam conduzidos à plenitude da salvação em Cristo Jesus. Roguemos ao Senhor.
  1. “Pois reta é a Palavra do Senhor” (Sl 32). Para que aprendamos a amar as Sagradas Escrituras, dedicando-nos diariamente à ouvir o Senhor que por elas nos fala. Roguemos ao Senhor.
  1. “Para da morte libertar as suas vidas” (Sl 32). Para que Deus, em sua bondade, acolha junto a si as almas de nossos irmãos falecidos. Roguemos ao Senhor.

Sacerdote: Pai todo-poderoso, que nos tornastes descendentes de vosso servo Abraão pela virtude da fé, escutai benigno as preces que vos dirigimos, confiantes em vossa misericórdia. Por Cristo, nosso Senhor.

  1. Amém.