Sacerdote: Irmãos e irmãs, somos o povo do Senhor e o rebanho que Ele conduz. Nessa confiança, dirijamos a Deus as súplicas de nossa comunidade:

Todos: Dai-nos, Senhor, a vossa paz!

1. “Nos sentávamos chorando, com saudades de Sião” (Sl 136). Por causa da infidelidade de vosso povo, permitistes que o vosso Templo em Jerusalém fosse devastado; tornai-nos fiéis à vossa Igreja, para que ela não sofra por causa de nossos pecados. Rezemos ao Senhor.

2. “Quem nele crê, não é condenado, mas, quem não crê, já está condenado”(Jo 3, 18). Renovai em nós o ardor missionário, para que, vencendo as tentações do comodismo e do respeito humano, nos dediquemos a trabalhar pela salvação de nossos irmãos. Rezemos ao Senhor.

3. “Quem pratica o mal, odeia a luz” (Jo 3, 20). Fazei com que aqueles que apoiam a destruição da religião, da família e da vida, percebam o mal que praticam e, iluminai-os com a luz da verdade para uma verdadeira conversão. Rezemos ao Senhor.

4. “O Senhor moveu o espírito de Ciro, rei da Pérsia” (2Cr 36, 22). Que os nossos governantes se permitam conduzir por vós, para que o pecado não seja promovido por leis injustas e governos covardes. Rezemos ao Senhor.

5. “Deus nos ressuscitou com Cristo” (Ef 2, 6). Fazei participantes da vida eterna os nossos irmãos e irmãs que já adormeceram em Cristo, e que um dia, todos juntos, participemos da glória da ressurreição. Rezemos ao Senhor.

Sacerdote: Senhor, que nos ensinais que a verdadeira alegria não é uma realidade oposta à Cruz, mas que nela encontra a sua força, fazei-nos seguir os passos de vosso Filho e com Ele nos entregarmos a vós num ato sublime de amor. Por Cristo, nosso Senhor.

Todos: Amém.