Sacerdote: Repletos da alegria pascal, apresentemos a Deus Pai, que ressuscitou Jesus dentre os mortos, as preces de nossa assembléia:

  1. “Pedro tomou a palavra e disse: (…) Deus O ressuscitou no terceiro dia” (At 10, 34.40). Pelo Sucessor de Pedro, o Santo Padre Bento, para que anunciando inabalável ao mundo a Ressurreição de Cristo, possa ser confortado pelos mistérios que proclama e encontre no coração de todos os católicos o amor e a oração por si e por seu grande ministério. Roguemos ao Senhor!

Todos: Pela ressurreição de vosso Filho, escutai-nos, Senhor!

  1. “Este é o dia que o Senhor fez para nós” (Sl 117, 24). Para que inundados pela alegria pascal, proclamemos com obras e palavras a certeza de que Cristo vive eternamente. Roguemos ao Senhor.
  1. “Pois vós morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus (Col 3, 3). Por todos os religiosos, especialmente os que vivem em clausura, para que imolando-se no silêncio e escondimento, sejam revigorados pelo amor do Ressuscitado, fazendo crescer, por meio da oração e da penitência, o Reino de Deus que é a Igreja. Roguemos ao Senhor.
  1. “De fato, eles não haviam compreendido a Escritura, segundo a qual Ele devia ressuscitar dos mortos” (Jo 20, 9). Por aqueles que ainda não crêem na ressurreição de Jesus, para que o Senhor lhes abra os olhos da alma, para reconhecerem em Cristo ressuscitado o Senhor do tempo e da eternidade. Roguemos ao Senhor.
  1. “Então aparecereis também com ele, revestidos de glória” (Col 3, 4). Para que nossos irmãos defuntos sejam associados à liturgia celeste. Roguemos ao Senhor.

Sacerdote: Pai clementíssimo, neste dia em que o vosso Filho ressuscitou dos mortos, acolhei com bondade as nossas preces, e tornai-nos desejosos das realidades celestes. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor.

Amém.