Sacerdote: Irmãos e irmãs caríssimos, Nosso Senhor nos faz reviver a Quaresma, tempo de oração, penitência e ajuda fraterna. Elevemos a Ele a nossa oração comum:

Pelo vosso Santo Jejum, ouvi-nos, Senhor!

1. “Não só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mt 4, 4). Vós, que fizestes da vossa Santa Igreja a mãe de todos os povos para alimentá-los com a vossa palavra, concedei ao Santo Padre e a todos os Bispos fidelidade à sua missão e constância na vossa vontade. Rezemos ao Senhor.

2. “Criai em mim um coração que seja puro” (Sl 50). Vós, que renovais todas as coisas e as recriais em vosso amor, concedei-nos nessa quaresma viver uma autêntica conversão, e dai-nos um coração purificado pelo Sacramento da Penitência. Rezemos ao Senhor.

3. “E vós sereis como Deus” (Gn 2, 5). Senhor, vós que nós fizestes de um pouco de barro, não permitais que sejamos assaltados pela soberba da vida, mas que reconhecendo-nos vossas criaturas, vivamos sempre a certeza de vosso amor de Pai. Rezemos ao Senhor.

4. “Muito mais reinarão na vida, pela mediação de um só, Jesus Cristo, os que recebem o dom gratuito e superabundante da justiça” (Rm 5, 17). Congregai numa só fé todos os homens e mulheres por quem vosso Filho Se ofereceu como sacrifício expiatório, para que reinem para sempre com Ele. Rezemos ao Senhor.

5. “Ó Senhor, não me afasteis de vossa face” (Sl 50). Sede benigno para com aqueles que chamastes deste mundo, e acolhei-os à luz de vossa face. Rezemos ao Senhor.

Sacerdote: Deus de misericórdia, escutai benigno as preces que vos dirigimos no início da Quaresma, e, por vossa misericórdia, concedei-nos o que mais convém. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.