Sacerdote: Sabemos, irmãos e irmãs, que devemos orar sempre, sem cessar, mas sobretudo nesse tempo quaresmal, unamos nossas preces à nossa mortificação e à nossa caridade e as apresentemos ao Senhor.

Todos: Pelo vosso Santo Jejum, ouvi-nos, Senhor!

1. “Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1, 15). Senhor, que quisestes que a vossa Igreja a cada ano adentrasse no deserto da quaresma, santificai-a através da sincera conversão de cada um de nós. Rezemos ao Senhor.

2. “O batismo, que hoje é a vossa salvação” (1Pd 3, 21). Nós vos recomendamos todos os que se preparam para o Santo Batismo, e vos pedimos a graça de viver a cada dia com fidelidade a nossa vocação batismal à santidade. Rezemos ao Senhor.

3. “Aos pobres ele ensina o seu caminho” (Sl 24). Fazei que seguindo o exemplo de Cristo tenhamos um amor preferencial por todos os pobres, e que esse amor seja manifestado em ações concretas de evangelização e solidariedade. Rezemos ao Senhor.

4. “Cristo morreu uma vez por todas, por causa dos pecados” (1Pd 3, 18). Concedei-nos recordar a cada dia que foram nossos pecados a causa de vossa morte na Cruz, e que, por isso, tenhamos um propósito firme de não mais vos ofender. Rezemos ao Senhor.

5. “Sois bondade sem limites” (Sl 24). Manifestai a vossa bondade a todos os que morreram, para que, livres de toda culpa, possam habitar em vossa casa. Rezemos ao Senhor.

Sacerdote: Deus de misericórdia, escutai benigno as preces que vos dirigimos no início da Quaresma, e, por vossa misericórdia, concedei-nos o que mais convém. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.