Sacerdote: Através desta Santa Missa, nos tornamos contemporâneos dos Mistérios que celebramos. Como mais um no Cenáculo, cada um de nós eleve ao Senhor incessantes preces pela Santa Igreja e por todo o mundo. Por isso, após o leitor propor a intenção da prece, teremos um breve tempo de silêncio para rezarmos na intenção proposta, e em seguida diremos juntos:

Todos: Cristo, Pão vivo descido dos céus, escutai-nos!

1. Oremos pelo Sumo Pontífice, o doce Cristo na Terra, o nosso Papa Bento.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

2. Oremos, pelos Bispos, sucessores dos Apóstolos, em especial por nosso Bispo N.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

3. Oremos por todos os padres, cujas vocações nasceram hoje do coração de Cristo Sumo e Eterno Sacerdote.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

4. Oremos pelos que se preparam para o Sacerdócio e por todos os diáconos que são imagem viva do Cristo servo.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

5. Oremos por nossa Santa Assembleia e por todos os fiéis católicos, dispersos como grãos de trigo pelo mundo inteiro.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

6. Oremos pelos que não fazem parte da Santa Igreja Católica, para que abandonando os seus erros sejam consumados na unidade que Cristo hoje pediu.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

7. Oremos pelos enfermos, pelos que passam necessidades, pelos perseguidos, pelas vítimas de violências, pelos excluídos e marginalizados, para que neles se manifeste a vitória de Cristo.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

8. Oremos pelos nossos irmãos que partiram desta vida marcados com o sinal da fé.

Tempo de silêncio para oração pessoal.

Sacerdote: Deus, que no admirável da Eucaristia, nos conservastes o memorial de vossa Paixão, dai-nos, vos pedimos, que adorando e recebendo os vossos Sagrados Mistérios, vivamos em nós os frutos da Redenção. Vós que viveis e reinas para sempre.

Amém.