Sacerdote: Irmãos e irmãs, apresentemos a Deus Pai onipotente as preces de nossa Igreja em oração:

Todos: Senhor, ouvi-nos!

  1. “Quem vos recebe a mim recebe; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou” (Mt 10, 40). Concedei-nos acolher sempre com alegria os ensinamentos que através da Santa Igreja nos comunicais e fazei que sempre recordemos o amor que devemos ao Santo Padre, aos Bispos, Padres e Diáconos, por continuarem a vossa presença entre nós. Rezemos ao Senhor.

  2. “Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim, não é digno de mim. Quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim.” (Mt 10, 37). Vós, que fizestes do celibato por amor do Reino dos Céus um sinal de fecundidade espiritual e um laço de amor para com a vossa Igreja, aumentai naqueles a quem concedestes essa vocação o amor esponsal por vós. Rezemos ao Senhor.

  3. “Este homem, que passa tantas vezes por nossa casa, é um santo homem de Deus” (2Rs 4, 9). Concedei-nos manifestar com atos o nosso amor por aqueles que ungistes como pastores do vosso povo. Rezemos ao Senhor.

  4. “Eliseu disse-lhe: ‘Daqui a um ano, neste tempo, estarás com um filho nos braços.’” (2Rs 4, 16). Que os casais cristãos redescubram que ter filhos é um dom maravilhoso de Deus, e, não temendo os apelos de uma sociedade egoísta, se abram para serem famílias numerosas onde reine a paz e a alegria. Rezemos ao Senhor.

  5. “Se, pois, morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele” (Rm 6, 8). Fazei viver junto a vós para sempre os nossos irmãos e irmãs que já deixaram este mundo. Rezemos ao Senhor.

Sacerdote: Deus, nosso Pai, que nos fizestes participar de vossa Igreja Santa, escutai as preces que por vosso Filho vos dirigimos e concedei-nos perseverar sempre em vosso santo serviço. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor.

Amém.